Crónicas de uma Leitora: Imortal de Gillian Shields - OPINIÃO

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Imortal de Gillian Shields - OPINIÃO

Autora: Gillian Shields
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 296
Editor: Editorial Planeta
Sinopse:
Entre o sobrenatural e a história de amor, Imortal é um romance intenso e perturbador que entrelaça passado e presente, amor e amizade, forças sobrenaturais e criaturas extraordinárias. O colégio de Wyldcliffe Abbey para Raparigas, a nova escola da protagonista da história, Evie, é o local onde tudo acontece: a paixão por Sebastian, as visões fantasmagóricas e angélicas de uma rapariga estranha, o vislumbre de fragmentos de um passado que desconhece a experiência do primeiro amor.
Intercalando o dia-a-dia de Evie no exigente colégio e as entradas de um diário antigo, Imortal transporta o leitor para dois mundos aparentemente distintos, mas muito próximos.
Os leitores de Imortal confessaram que a história os agarrou desde as primeiras páginas. Estarão os leitores portugueses de acordo?

Opinião:
Evie é uma rapariga comum, orfã de mãe desde o primeiro ano de vida, morava com a avó Frankie, pois o seu pai sendo militar viaja muito. Entretanto Frankie adoece e Evie ingressa num colégio privado que lhe vai mudar radicalmente a vida.
Na noite da sua chegada ao colégio Wyldcliffe Abbey para Raparigas as coisas não parecem nada promissoras, tendo um pequeno incidente no caminho onde conhece Sebastian, um rapaz atraente mas estranho, Evie chega atrasada o que lhe vale a antipatia e um valente raspanete da directora. Também Celeste uma rapariga do mesmo dormitório de Evie a recebe mal, o que junto com o facto de ter chegado no meio do ano lectivo, não conhecer as regras da escola e ser bolsista fazem com que seja posta de parte.
Mais que uma simples história de amor, este livro retrata as dificuldades de uma jovem num universo completamente novo e o seu caminho na descoberta das suas raízes. É que Evie, uma rapariga prática que não acredita em "disparates paranormais" começa ter visões da escola numa época diferente quando esta era habituada por uma rapariga incrivelmente parecida consigo.
O melhor aspecto deste livro é o facto de não ser tão centrado no amor e mais no percurso de Evie, que ganha toda uma nova percepção do mundo que a rodeia. Entre o paranormal e o misticismo é um livro envolvente com uma escrita rápida, fluída o que faz com que a sua leitura seja bastante fácil e acessível. Não acho Sebastian uma grande personagem central, não nos "apaixonamos" por ele como por outras personagens masculinas de outros livros. Considero o mais importante a viagem pessoal e o conhecimento que Evie adquire sobre de onde veio, quais as suas verdadeiras raízes e como isso influência toda a sua existência. A história de amor não é arrebatadora nem envolvente mas uma base para acontecimentos mais importantes na vida da nossa heroína.
A capa apesar de muito bonita e apelativa foge ao conteúdo do livro levando a um engano contudo está extremamente bem conseguida. Igualmente apelativo são as páginas de fim e de inicio de capítulo.
É um livro que recomendo para quem procure algo simples, de leitura fácil, sem grandes enredos ou floreados. Contudo para quem procura um livro mais complexo, com uma história de amor mais forte este não é decididamente o livro a ler.

Sem comentários:

Enviar um comentário