Crónicas de uma Leitora: Insaciável de Meg Cabot, Opinião

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Insaciável de Meg Cabot, Opinião

Autora: Meg Cabot
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 520
Editor: Bertrand Editora
Sinopse:
Está farto de ouvir falar em vampiros? Meena Harper também. Mas os seus patrões obrigam-na a escrever sobre eles na mesma, apesar de Meena não acreditar na sua existência.
Não é que Meena seja alheia ao sobrenatural. O que se passa é que ela sabe como vamos morrer. (Claro que não acreditamos nela. Nunca ninguém acredita.) Nem o dom da premonição de Meena pode contudo prepará-la para o que sucede quando ela conhece Lucien Antonescu (e depois comete o erro de se apaixonar por ele), um príncipe dos dias de hoje com um lado negro. Trata-se de um lado negro pelo qual muitas pessoas, como por exemplo uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiam vê-lo morto.
O problema é que Lucien já está morto. Talvez seja por isso que é o primeiro tipo que Meena conhece com quem se imagina a ter um futuro. É que, apesar de Meena ser capaz de ver o futuro das outras pessoas, nunca conseguiu ver o próprio.
E apesar de Lucien parecer ser tudo o que Meena sonhou encontrar num namorado, poderá acabar por ser um pesadelo. Esta poderá ser uma boa altura para Meena começar a prever o seu próprio futuro…
Opinião:
Confesso que esperava mais deste livro, não me aqueceu nem me arrefeceu. Apesar da história ter bastante ação achei os desenvolvimentos demasiado rápidos para tão pouco tempo. Temos uma vidente, um principe vampiro e um caçador de vampiros. Há violência, sensualidade e amor. Só que apaixonarem-se depois de se verem duas vezes? Dá que pensar que no caso de Meena seja realmente a dopamina que o caçador fala. Acabei por pensar muitas vezes que os sentimentos dela são influenciados pelas mordidas de Lucien, principalmente porque Meena odeia a simples ideia dos vampiros dos livros e filmes. Não faz sentidos ela não fugir a sete pés de um verdadeiro e a prova disso é a conversa deles sobre vampiros logo no inicio. Apesar de não ter feito nenhum esforço para me obrigar a ler este livro a verdade é que não anseio por mais. A continuação a ser publicada em Portugal só lerei se me vier parar às mãos por acaso. Considero que este livro poderia ser substancialmente melhor se Meena e Lucien tivessem tido mais encontros e mais oportunidades de se conhecerem realmente. Depois de uma noite tórrida ela já chama o vampiro de namorado e está apaixonada e é este ponto que me faz achar que falta algo à história. Se Lucien não a tivesse mordido e o namoro deles durasse mais umas semanas a história talvez fosse perfeita, neste caso acho que tem buracos e faltas que deixam muito a desejar. Não desgostei mas esperava mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário