Crónicas de uma Leitora: Fevereiro 2015

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Cinema | Notícias | Filmes de Percy Jackson chegam ao fim

Sem comentários:
Capturar

Em 2010 a Fox lançou o filme "Percy Jackson e os Ladrões do Olimpo" adaptação do livro homónimo lançado em Portugal pela Casa das Letras do Grupo Leya. Nessa altura, o filme foi altamente criticado pelos fãs da saga devido às inúmeras alterações que fizeram e nem se previa uma continuação do mesmo.
Capturar
Em 2013 já quando ninguém esperava saiu a adaptação do segundo livro mas as criticas não acalmaram e apesar de ter tido um desempenho razoável em bilheteira havia pouca esperança num filme sobre o 3º livro.

Apesar dos actores terem contracto assinado até ao 3º livro, o protagonista Logan Lerman confirmou que a Fox não pretende fazer mais nenhum filme sobre a série e portanto chega ao fim mais uma franquia de adaptações que ficou muito aquem do esperado, embora seja uma série muito popular e tenha ganho imensos fãs nos últimos anos.

Em Portugal já foram lançados os 5 livros que compõem a série "Percy Jackson" pela Casa de Letras e actualmente a Planeta Manuscrito encontra-se a editar outra série do autor. 

5 coisas que os leitores precisam de saber sobre book bloggers

2 comentários:
Olá. És uma das muitas pessoas que segue atentamente os blogues de livros, para veres se um livro vale a pena ler, se há um autor que deves estar atenta etc? Então este post é para ti! Sim, para ti, leitor ou leitora que nos acompanha durante muito tempo e que precisa de saber umas quantas coisas sobre book bloggers. Nós, criaturas afáveis, que gostamos de discutir diversos assuntos e fazemos parte de uma comunidade jeitosa em Portugal. Muitos de nós têm milhares de seguidores e de visitas no blogue, mas muitas vezes encontramos preconceito por parte dos leitores. Por isso se segues mais do que cinco blogues de literatura, aqui vão cinco coisas que vocês precisam de saber sobre nós, book bloggers!

1. We are not your bitchies. – Se fossemos, ganhávamos dinheiro com isso e a minha conta bancária está com mais camadas que o Inferno de Dante! A maioria das/dos book bloggers gostam de ler e por isso lêem o que caraças lhes apetece. Pode ser porno, fantasia medieval, chick lit ou até mesmo não-ficção. Se não gostam, não leiam. Ou se lerem por curiosidade, lembrem-se: ninguém é pago para fazer isto! FYI: Eu li o 50 Shades of Grey porque o pessoal basicamente pediu-me para eu escrever uma review do livro… foi a primeira e a ultima vez. 

2. Nós não sabemos o que é Literatura “a sério”. - Uma vez uma professora na faculdade pediu-me para pesquisar nos dicionários o que era literatura… Vejamos todos diziam que literatura é tudo o que tem literariedade. Parece vago, hum é mesmo de propósito. Não existe livros a sério, nem livros a brincar. Talvez os de comédia sejam os livros a brincar mas são tão caros quanto os livros a sério…

3. O nosso cérebro fica confuso quando lemos coisas como: “Tu não entendeste bem a mensagem do autor.” - Gente acreditem eu já tive imensas discussões por causa do The fault in our stars (basicamente um núcleo meu amigo não gosta nada do John Green por vários motivos e eu gosto do livro por outros motivos). Claro que estes motivos prendem-se muito com a interpretação que as pessoas fazem dos livros. Acreditem se vocês gostam de um livro, fixe! Mas por favor não digam que as pessoas não gostaram do livro porque não o entenderam. Em vez disso tentem apresentar os factos pelos quais vocês gostaram do livro e assim criar uma troca de pontos de vista saudável.

4. “Esse livro não é do género Y mas sim do Z.” – Oh Deus… dai-me paciência infinita para eu não andar a espancar pessoas na rua! Estamos em 2015, acreditem que um livro neste momento não tem só um género. Also a maioria das bloggers é super querida e até costuma haver discussões interessantes sobre isso, mas ninguém gosta de pessoal que começa a mandar vir com algo tão insignificante com um livro ser do género X ou Y quando ele tem pelo menos uns 4! Sim gente há livros eróticos com setting romântico contemporâneo – livros com time travel (alternative story), erótico e histórico srsly where is your God now?

5. Ebooks não são livros a sério, porque gostamos do cheiro dos livros em papel… - Screeeewww that! Again, book blogger = pobres! Acham mesmo que nos vamos por com manias de: ai ebooks não são livros a sério. No geral temos dificuldade em assimilar essa palavra “sério.” Se é para ler seja em ebook ou livro em papel whatever gente, não conheço um book blogger que depois de tentar um Kobo o tenha vendido. Somos bookworms, totalmente e completamente desavergonhadas. Um ebook é um livro! Dá para perder, emprestar, levar para as férias… Tá bem que atirá-lo contra a parede não é nada porreiro, mas hey serve para diminuir a ansiedade e os buracos na parede.

FYI: isso é para vocês também, livrarias que fazem promoções com livros mas excluem ebooks! Ebook = electronic BOOK!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O guia para fazer compras no Bookdepository

9 comentários:

Olá pessoal pobre, teso, na penúria… como eu. Como estão? Como eu hoje não consigo respirar pelo nariz pensei em fazer um post informativo sobre compras no Bookdepository. Because that makes sense, right? Cada vez mais os portugueses viram-se para as edições inglesas e, sejamos honestos, a secção da FNAC é tão pobre como nós. Por isso desde 2009 eu uso o Bookdepository. Para quem não sabe, o Bookdepository é um site que foi comprado pela Amazon há pouco tempo (uns anitos) e que tem portes gratuitos, muitos livros em várias línguas (inglês, alemão, espanhol, francês). E neste post eu vou ensinar-vos como tirar maior proveito deste site.

“Ai Ruiva mas e se a minha conta bancária for assaltada?”
Das duas uma, ou fez merda … ou fez merda. Porque eu uso desde 2009 e nunca tive problemas *knock on wood*
Pelo amor da Santa, não roubem uma gaja do Norte que nem o salário mínimo ganha! Dinheiro para livros tem de haver senão chamo já os gunas da Areosa!
Entao primeiro tem de abrir uma conta, para já o site está em inglês, mas é um inglês muito básico e podem sempre usar o Google Translate.

Passo 1: Para criar a conta tem de dar os seguintes dados:
E-mail – Nome (primeiro e ultimo por norma dá) – Password – Verificar password

Depois verificam as contas e tal e tcharan, conta activa.

Passo 2: Meu Deus, mas tantos livros, tão baratos! O que faço?
Não panique! Se você tem uma Wishlist de livros tugas melhor ainda porque depois é só encontra o equivalente em inglês ou em espanhol ou wtv. Por exemplo os livros da Julia Quinn.


Vamos procurar pelo primeiro livro da séries dos Bridgertons – The duke and I. Temos duas edições:



Ok uma é mais cara que a outra certo? Se vocês querem poupar, ok podem comprar a primeira que como vêm tem 50% de desconto. E já deve ser uma edição rara porque está com um preço exorbitante para livro em capa mole. Então temos de ver por exemplo as especificidades. Por exemplo quais as medidas de ambos.
O primeiro tem as seguintes medidas: 
99 cm X 17 cm – 384 páginas
O segundo tem: 110 X 17 cm – 352 páginas. 
Basicamente fica ela por ela. Ambos são uma edição de bolso, por isso se quiserem uma edição mais actual, optam pela segunda.

Mas e clássicos?
Para clássicos existem colecções com design parecido. Por exemplo estou a fazer neste momento a colecção da Vintage do Scott Fitzgerald em capa mole. Também há em capa dura. O preço da capa mole ronda os 10€ e o capa dura em tons dourado ronda os 16-17€.

Aqui está um exemplo da capa dura:

Qual a diferença entre a colecção da Vintage Classics e da Oxford University Press ou da Penguin Classics?
Todos têm um design específico: ponto nr. 1. Pessoalmente a da Vintage é mais uniforme e mais agradável. 
As dimensões também não são as mesmas.
As da Penguin são 11 cm X 17 cm quase 18, o que é quase um livro de bolso e custa 10€;
A da Vintage Classics é 12 (quase 13) por 20 cm e ronda os 10€ na mesma, mas como podem ver já são dimensões quase de livro português;
Por fim a da Oxford é quase a mesma que a Vintage o preço ronda também os 10€. Então como escolher?
Eu comprei os meus a 5€ porque estavam em promoção. Neste momento o da Oxford está a 6.89€ (not bad)  e claro é uma questão de escolha BUT, temos de ter em atenção uma coisa:
O tamanho importa.


Quanto maior for o livro, mais espaçado é o texto, maiores as margens e pelo menos a capa dos Vintage Classic era muito shiny. Claro que nem todos gostam de comprar livros ingleses porque algumas capas são de facto um bocado finas, tem sempre o Hardback. Eu só compro hardback quando há um sale fantástico OU quando é um dos livros da minha vida. Meus amores o vosso livro em capa dura vai durar gerações! Vocês falecem e o livro fica. Isto se quiserem dar algum dinheiro pelos livros.

Passo 3: NOSSA QUE BIOLENCIA, TANTA PROMOÇAUM!

É e há vários truques para tentar ver essas promoções todas. Eu uso dois no Bookdepository:
Abro a página do livro que quero e clico em Add to wishlist;
Depois vou a Your Wishlist (esta lá em cima) e clico em “Email me when prices drop
Quando o livro vai ter uma promoção de 30-50% recebemos um email a avisar: oi, you, buy the book it’s CHEAP!

Técnica nr 2:
Se não quiser estar com trabalho de adicionar livros à Wishlist vá aqui: 

Aqui tem imensos livros com promoções de géneros variados. Quiçá não vão querer um livro da Eloisa James ou da Sarah Waters ou da Sarah Dunnant.
O bom da Wishlist é que muitas vezes os preços descem só mesmo um pouquinho e não recebemos um e-mail, mas por vezes por exemplo um desconto de 29% ou de 15% já é bem bom!

Que método utilizar para pagar? 

Eu uso tanto o Paypal como o Mbnet, mas sempre o Mbnet para o Bookdepository. Para isso vão ao Google e tem lá como criar uma conta no mbnet (dont worry é super safe, aliás vocês têm de ir a uma caixa multibanco para ativar isso).
Por isso utilizem um dos dois.

Passo 5: Quando é que chega?

A parte “tricky” e “gimmick” do Bookdepository é que os portes são de borla MAS não há tracking. Ou seja costuma chegar entre 7-10 dias uteis MAS pode demorar até um mês ou em casos mai sextremos nem chegar. E aí a culpa não é deles, ok? Eles enviam tudo bem em priority mail por air mail tudo em saquetas almofadas ou se a encomenda for grande naquelas embalagens como a Wook envia. So yah eles são super profissionais mas os nossos correios são meio merda. Então há encomendas que se perdem, porque os nossos correios são dotados de críticos experientes que lêm os nossos livros antes de nós, só para saber se o livro está em ordem...

Passo 6: O que faço se a encomenda não chegar?
Por norma o pessoal do Bookdepository é de boa fé. Se passar um mês e não chegar (já tive casos em que demorou 2 meses com uma amiga minha), podem enviar um mail a explicar a situação. O livro não chegou se podem enviar uma segunda via E se o livro entretanto chegar podem sempre perguntar se dá para devolver um. Por norma eles são porreiros e deixam-nos ficar com os dois. Mas podem sempre dizer que se sentem mal em ficar com os dois. Por norma a segunda via chega super rápido porque os correios lá se devem acobardar e achar estranho duas encomendas ficarem perdidas.

Então porquê comprar no Bookdepository?
Tem várias edições do mesmo livro a preços atractivos;
• Não há perigo das capas mudarem de design a meio da série. Mantêm sempre o mesmo estilo até ao ultimo livro e depois fazem novas mas levam até ao fim o mesmo design;
Dá-nos mobilidade para criamos a nossa wishlist e acompanhar as promoções;
São super flexíveis e bem educados com o cliente;
Têm livros em várias línguas: Alemão, Francês, Espanhol (etc)
Estes livros não vêm com erros de tradução, nem com séries descontinuadas...



Novidades da semana de 2 de Março a 8 de Março de 2015

Sem comentários:



 Nas livrarias a 2 de Março

http://www.wook.pt/ficha/antes-que-morras/a/id/16209460#?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/uma-nova-esperanca/a/id/16209459?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/a-lista-de-prioridades/a/id/16209437?a_aid=54ddff03dd32b





Nas livrarias a 3 de Março

http://www.wook.pt/ficha/estranho-irresistivel/a/id/16209591?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.leyaonline.com/pt/livros/romance/a-educacao-de-felicity/http://www.wook.pt/ficha/a-nossa-casa-e-onde-esta-o-coracao/a/id/16209585?a_aid=54ddff03dd32b

http://www.wook.pt/ficha/john-george/a/id/16209586http://www.wook.pt/ficha/o-assassinato-de-margaret-thatcher/a/id/16209595?a_aid=54ddff03dd32b





Nas livrarias a 4 e Março

http://www.wook.pt/ficha/eu-sou-malala/a/id/16209569?a_aid=54ddff03dd32b


http://www.wook.pt/ficha/o-escriba/a/id/16209549?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/o-seminarista/a/id/16209550?a_aid=54ddff03dd32b





Nas livraras a 6 de Março

www.wook.pt/ficha/os-segredos-do-iii-reich/a/id/16199885?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/1974/a/id/16199880?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/so-o-tempo-dira/a/id/15949368?a_aid=54ddff03dd32b


http://www.wook.pt/ficha/noturno-chileno/a/id/16046045?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/redimida/a/id/16199881?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/sem-medo-do-destino/a/id/16199879?a_aid=54ddff03dd32b



 Para mais informações clique na foto.
O livro "Eu sou Malala" é uma edição ilustrada para leitores mais jovens.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Cinema | Cidades de Papel | John Green

Sem comentários:
Cidades de Papel

O site Deadline acaba de confirmar que o livro Cidades de Papel, de John Green, irá ganhar uma adaptação nos cinemas. O autor fechou contrato com a Fox e o projeto já começa a ganhar forma. O autor pretende não só os mesmos produtores de outra adaptação das obras dele - A Culpa é das Estrelas - como também quer alguns actores neste novo filme. 
O protagonista Quentin Jacobsen será interpretado por Nat Wolff, que faz de Isaac em A Culpa é das Estrelas. Scott Neustadter e Michael H. Weber farão a adaptação, Wyck Godfrey e Marty Bowen são os produtores.
Actualização:
Foi divulgado que a data de estreia do filme será a 24 de Julho de 2015 nos USA. 

Screen Shot 2014-09-16 at 11.20.22 AM

Nova Actualização:
Segundo o site Page to Premiere, a modelo britânica Cara Delevigne será a protagonista de Cidades de Papel. É a primeira vez que será protagonista de um filme, interpretando a personagem Margo Roth Spiegelman. O protagonista masculino também já está escolhido e será Nat Wolff.



Nova Actualização:
 Por agora temos apenas uma imagem de apresentação do casting e a primeira still do filme, com os dois protagonistas!


Link permanente da imagem incorporada


O trailer sai dia 19 de Março!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Cinema | Estreias da semana | 26 de Fevereiro - 4 de Março

Sem comentários:
Porque nós aqui no Crónicas adoramos cinema e queremos que os nossos seguidores estejam sempre por dentro dos títulos que vão chegar aos grandes ecrãs portugueses, decidimos começar a partilhar com vocês um apanhado de todos os filmes que irão poder ver na semana de estreias que por cá tem início às quintas-feiras.

Esta semana temos uma lista extensa para partilhar com vocês, mas o grande destaque vai, desde já, para Hector e a Procura da Felicidade, adaptação cinematográfica do livro do mesmo nome (Lua de Papel, 2011), da autoria de François Lelord. Ora espreitem!


Hector e a Procura da Felicidade
M12
Género: Aventura/Comédia
Título Original: Hector and the Search for Happiness
Realizador: Peter Chelsom
Actores: Simon Pegg, Rosamund Pike, Tracy Ann Oberman
Distribuidora: Outsider Films
País: Reino Unido, Alemanha, Candá
Ano: 2014
Duração (minutos): 120
Sinopse: A vida de Hector parece perfeita, mas não é. Hector (Simon Pegg) é psiquiatra reconhecido e bem-sucedido, que vive com a sua bela namorada, Clara (Rosamund Pike), num fabuloso apartamento em Londres. Mas está a perder a paciência com seus pacientes que não conseguem ser felizes, ao mesmo tempo que o seu relacionamento romântico parece ter estagnado.






Escobar: Paraíso Perdido
M16
Género: Romance/Thriller
Título Original: Escobar: Paradise Lost
Realizador: Andrea Di Stefano
Actores: Josh Hutcherson, Benicio Del Toro, Brady Corbet
Distribuidora: NOS Audiovisuais
País: França, Espanha, Bélgica e Panamá
Ano: 2014
Duração (minutos): 120
Sinopse: Escobar - O Paraíso Perdido é um olhar sobre a intimidade do universo do crime organizado, o lado mais familiar de Pablo Escobar, figura tão idolatrada como odiada. Uma reflexão sobre o poder, materializada no conflito psicológico vivido por Nick, quando entra no mundo de um “Deus”, e o sonho dá lugar ao pesadelo.






O Amigo do Peito
M14
Género: Comédia/Romance
Título Original: The Wedding Ringer
Realizador: Jeremy Garelick
Actores: Kevin Hart, Josh Gad, Kaley Cuoco-Sweeting
Distribuidora: Big Picture 2
País: EUA
Ano: 2015
Duração (minutos): 101
Sinopse: Doug Harris é um adorável noivo, mas socialmente desajeitado: ele não tem padrinho. A menos de duas semanas de se casar com a mulher dos seus sonhos, Doug pede ajuda a Jimmy Callahan, proprietário e CEO da Best Man Inc., uma empresa que fornece padrinhos a indivíduos com essa necessidade especial. O que se segue é uma hilariante charada de casamento. Doug e o seu falso padrinho, que travam conhecimento por causa da cerimónia, acabam por se tornar melhores amigos.



Olhos Grandes
M12
Género: Biografia/Drama
Título Original: Big Eyes
Realizador: Tim Burton
Actores: Amy Adams, Christoph Waltz, Danny Huston, Jason Schwartzman, Krysten Ritter e Terence Stamp
Distribuidora: NOS Audiovisuais
País: EUA
Ano: 2014
Duração (minutos): 106
Sinopse: O filme apresenta a história real da pintora Margaret Keane (Amy Adams), uma das artistas mais rentáveis dos anos 1950 graças aos seus retratos de crianças com olhos grandes e assustadores. Defensora das causas feministas, teve que lutar contra o próprio marido no tribunal, já que o também pintor Walter Keane (Christoph Waltz) afirmava ser o verdadeiro autor de suas obras.



Rio 2096: Uma História de Amor e Fúria
M12
Género: Animação
Título Original: Uma História de Amor e Fúria
Realizador: Luiz Bolognesi
Actores: Camila Pitanga, Rodrigo Santoro, Selton Mello
Distribuidora: Legendmain Filmes, Lda
País: Brasil
Ano: 2013
Duração (minutos): 98
Sinopse: Um filme de animação que retrata o amor entre um herói imortal e Janaína, a mulher por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo do romance, o filme de Luiz Bolognesi ressalta quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravatura, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água.




Yvone Kane
M12
Género: Drama
Título Original: Yvone Kane
Realizador: Margarida Cardoso
Actores: Beatriz Batarda, Irene Ravache, Samuel Malumbe
Distribuidora: Midas Filmes
País: Moçambique, Portugal, Brasil
Ano: 2014
Duração (minutos): 117
Sinopse: Depois da morte da sua filha, Rita volta ao país africano onde viveu a sua infância para investigar um mistério do passado: a verdade sobre a morte de Yvone Kane, uma ex-guerrilheira e ativista política. Nesse país, onde o progresso se constrói sobre as ruínas de um passado violento, Rita reencontra a sua velha mãe, Sara, um mulher dura e solitária que vive ali há muitos anos. E enquanto Sara vive os últimos dias da sua vida procurando um sentido para os seus actos passados, Rita embrenha-se num território marcado pelas cicatrizes da História e assombrado por fantasmas da guerra e do mal, procurando o segredo de Yvone. Mas todos os caminhos parecem levá-la à revelação da impossibilidade de redenção e ao esquecimento.



Filho do Crime
Género: Acção/Crime/Drama
Título Original: Son of a Gun
Realizador: Julius Avery
Actores: Alicia Vikander, Brenton Thwaites, Ewan McGregor
Distribuidora: Big Picture 2
País: Austrália
Ano: 2014
Duração (minutos): 108
Sinopse: Durante uma pena de seis meses numa prisão australiana, o jovem criminoso JR (Brenton Thwaites) conhece o esperto e enigmático Brendan Lynch (Ewan McGregor). Em troca de protecção, JR aceita ajudar Brendan a escapar, juntando-se ao influente Sam Lennox (Jacek Koman) para orquestrar uma arrojada fuga, que coloca em liberdade Brendan e os companheiros de prisão Sterlo (Matt Nable) e Merv (Eddie Baroo).

Divulgação de Autores Portugueses - Olinda P. Gil

1 comentário:






Biografia
Olinda P. Gil começou pelas listas, a seguir passou aos contos. Publicou num jornal nacional. Pelo meio estudou Literatura, apaixonou-se pelos antigos, por Lisboa e deixou sair textos em publicações obscuras. Nem sabe como chegou a adulta. Tem tido trabalhos muito díspares, coisa própria da idade. Gosta de contos. Gosta de Literatura Portuguesa. Gosta de autoras. Continua a sonhar em ser escritora. É Alentejana.

Bibliografia: Contos Breves, 2013 Sudoeste, 2014 Sobreviventes, 2015 Colaboração em colectâneas e revistas literárias.

http://www.wook.pt/ficha/sobreviventes/a/id/16025105#?a_aid=54ddff03dd32bhttp://www.wook.pt/ficha/sudoeste/a/id/15672045?a_aid=54ddff03dd32b



Publicação de contos individuais em https://www.smashwords.com/profile/view/olindg
Escreve regularmente no blog www.olindapgil.com
Para mais informações sobre os 2 livros publicados através da CoolBooks, basta clicarem nas fotos dos livros.

Livro que a marcou
É difícil falar de um livro que me tenha marcado mais profundamente que outro. São tantos, tantos, que prefiro não enumerar. Até porque umas vezes falo de uns, outras vezes falo de outros.
Autor preferido
As minhas autoras favoritas são várias, e todas mulheres. Sophia de Mello Breyner Andresen, Ana Teresa Pereira, Hélia Correia, Amélie Nothomb…
Um livro que recomendaria a sua leitura e qual o motivo
Hoje recomendo “Adoecer”, de Hélia Correia, um livro que liga as artes plásticas à literatura.
Escrever faz-lhe sentir...
A escrita nem sempre me provoca os melhores sentimentos. É costume sentir-me ansiosa e irritável. Mas quando, por fim, consigo levar o texto no caminho que desejo sinto-me muito feliz. Até canto e danço.
Umas palavras aos leitores
Continuem a ler muito! Deem oportunidade aos autores de língua portuguesa. E também aos autores de contos!


terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Televisão | A Bofetada | Christos Tsiolkas

1 comentário:
The Slap Movie Poster

E quando um livro recebe não uma mas duas adaptações em série?

É o caso do livro "A bofetada" lançado pela D. Quixote em 2011, o livro que já tinha uma adaptação australiana, recebe agora uma versão americana, tendo estreado na semana passada. Acima estão os posters da série americana (esquerda) e australiana (direita).

12437096
"A Bofetada"  conta a história de um homem que esbofeteia o filho de um amigo, numa festa O menino tem três anos… Trata-se de um acto isolado, mas as suas repercussões vão fazer-se sentir nas vidas das oito pessoas que o testemunham de perto. Para os oito personagens, aquele é um momento transformador. Uma a uma, as suas vozes vão dar início a uma caleidoscópica e inquietante viagem aos limites do amor, do sexo, do casamento e da família. O que se segue é um implacável exame à vida no século XXI. 

A série australiana chegou a passar em Portugal, num canal por cabo e ainda não há informações se a série americana irá passar no nosso país.

Trailer da série americana:

Frases que nos marcaram #3

Sem comentários:

E frase marcante desta semana chega-nos da Margarida Serrano :)

Se quer que as frases que o marcaram sejam publicadas nesta nossa rubrica semanal, basta enviar-nos as ditas para o nosso email (cronicasdeumaleitora@gmail.com) ou então por mensagem na nossa página do Facebook, com a identificação dos livros onde as descobriram.

Contamos com a vossa participação. 

Ligeiramente Escandalosa | Mary Balogh | Opinião

Sem comentários:
Para mais informações sobre o livro consulte o site da Leyaonline clicando aqui

Devo, antes de mais, confessar que não li os dois livros que são a prequela desta saga apesar dela estar ali na estante e quando li Ligeiramente Escandalosa de Mary Balogh senti essa falta pois acho que me faltou saber de antemão algumas coisas sobre Freyja.

Esta autora nunca me desilude, tenho seguido os Bedwyn e sou completamente apaixonada pela série aquele que me suscita maior curiosidade é sem dúvida Wulfric porque ao longo dos livros vamos percebendo que tem de haver algo oculto, aquela rigidez quanto aos seus deveres por um lado e por outro a dedicação (de todos na verdade) à família, a facilidade com que se aceitam mesmo nos maus momentos e como se apoiam nos disparates.

A verdade é que este livro começa com um disparate, Freyja vai passar uns aborrecidissimos dias a Bath com uma amiga quando conhece Joshua Moore, a forma como os dois se conhecem (informalmente) e como se reencontram nas duas vezes seguintes é qualquer coisa de hilariante. Acabam por ficar noivos sem percebrem as consequências dos seus actos. Freyja tem uma força, uma garra, uma determinação extraordinária e vai ao longo do livro percebendo que por trás dos maiores sorrisos podem-se esconder grandes tristezas. Adorei a personagem feminina, excelentemente construida mas cujo passado (que se pode ler em Um Verão Inesquecível publicado igualmente pela ASA) eu gostaria de ter entendido um pouco mais cedo.

Porém como já conhecia esta família e a força da sua união a grande surpresa foi o novo marquês de Hallmere, aquele sorriso e simpatia disfarça um passado complicado com episódios chocantes, a forma como ele vai lidar com algumas situações mostra-nos o seu enorme coração, a bondade que tem dentro de si mas também aos poucos vamos percebendo, e ele também, que é capaz de pequenos grandes feitos, capazes de mudar a vida de quem o rodeia.

Volto a frisar que adoro Mary Balogh, que a par com Julia Quinn são das minhas favoritas do género, a construção dos personagens ao longo dos livros deixa-nos com vontade de os conhecer melhor nos seguintes, ficamos mesmo viciados nos Bedwyn pois há algo de irresistivelmente delicioso neles. Um livro que se lê num fôlego pois a escrita da autora, simples e delicada, deixa-nos a ansiar por mais. Que venha o próximo!