Crónicas de uma Leitora: Era uma vez uma Raiva | Blandina Franco & José Carlos Lollo | Nuvem de Letras | Opinião

quarta-feira, 22 de março de 2017

Era uma vez uma Raiva | Blandina Franco & José Carlos Lollo | Nuvem de Letras | Opinião

Resultado de imagem para era uma vez uma raiva


Era Uma Vez uma Raiva conta a história de uma raiva que começa pequenina e acaba por tomar proporções dramáticas.Este livro mostra às crianças como as raivas e as birras são destrutivas e sem sentido e que, no fim, o sofrimento é maior se não controlarmos as emoções negativas.
Um livro que ajuda as crianças a compreender as suas emoções.
Resultado de imagem para era uma vez uma raivaAndo completamente apaixonada por este género de livros dedicados aos mais pequenos e, se sou super fã da Patrulha Pata e da Masha e o Urso, são histórias como estas que me conquistam e me fazem incentivar, cada vez mais, os meus filhos à leitura.

Era uma vez uma Raiva, da autora brasileira Blandina Franco ,mostra aos mais novos o que é a "raiva" e como esta pode crescer se não for dominada. Com um menino de 4 anos em casa, na típica idade das birras em que estas podem tomar proporções enormes, achei que este livro seria interessante para ele.

Resultado de imagem para era uma vez uma raivaAs fantásticas ilustrações, de José Carlos Lollo, retratam a raiva como um pequeno bichinho que nos morde os calcanhares e sendo lentamente alimentada, por outros sentimentos maus, acaba por nos engolir e nos dominar. 

Gostei bastante deste livro, é muito interessante para trabalharmos as emoções com os mais pequenos, ajudando-os a perceber e processar aquilo que sentem. Tanto a história como as ilustrações são adequadas a crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 6 anos mostrando que a dupla Franco&Lollo, que conta já com 30 obras em 5 anos, é bastante competente no seu trabalho dedicado aos mais pequenos.

Recomendo para pais e educadores, é também, um excelente livro a ser trabalhado em aula.




Exemplar gentilmente cedido pela editora em troca de opinião

Sem comentários:

Enviar um comentário