Crónicas de uma Leitora: Literatura | 'Conta-me três coisas' de Julie Buxbaum | Opinião

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Literatura | 'Conta-me três coisas' de Julie Buxbaum | Opinião


E se a pessoa de que mais precisas for alguém que não conheces?

Passaram apenas dois anos desde a morte da sua mãe e o seu pai volta a casar-se com uma mulher que conheceu online. Jessie é então forçada a mudar-se para a outra ponta do país, para morar com a madrasta e o seu pretensioso filho adolescente, aparentemente passado da cabeça.

Para Jessie tudo parece errado: sente-se uma estranha naquela casa enorme e fria, tem saudades da sua melhor (e única) amiga. A escola é uma selva autêntica, onde é vítima de bullying. Mas é então que recebe um e-mail de alguém que não conhece, nem se quer deixar conhecer, disponibilizando-lhe apenas a sua «amizade virtual».

O que Jessie não espera é que será este e-mail a mudar a sua vida para sempre.

Esta é uma história memorável, que não deixa ninguém indiferente. Um misto de comédia e tragédia, amor e perda, dor e alegria.

Adoro estes livros assim, leves, sem dramas enormes, onde podemos "descansar" daqueles livros que nos batem fundo e nos fazem chorar desalmadamente *cof*Colleen*cof*. Não que Conta-me três coisas seja um livro que não nos traga temas fortes, Jessie ainda está de luto pela mãe e a lidar com o casamento repentino do pai e a uma mudança radical de estilo de vida e de Estado já que sai de Chicago para LA. É também um livro que aborda o bullying e "roça" a homossexualidade e as drogas, porém não o faz de forma a nos deixar buracos no peito. E era mesmo o que eu estava a precisar.

Jessie tem a vida toda virada do avesso, com tantas mudanças acaba por não perceber bem o seu lugar e vamos acompanhando a forma como uma troca de emails vai começar a mudar o rumo da sua história. Apesar de ter gostado imenso da troca de mensagens entre a jovem e AN tinha algum receio que a protagonista de alguma forma não conseguisse finalizar de forma consistente e fiável esta relação. Tinha obviamente um personagem preferido para ser AN e estava bastante ansiosa para descobrir a verdade. 

Julie Buxbaum é fabulosa, construiu uma história simples mas credível. A autora conseguiu esmiuçar os problemas e dramas dos adolescentes e transformá-los num livro delicioso que mexe de mansinhos nas nossas emoções e me arrancou muitos sorrisos e duas ou três gargalhadas. Este  é daqueles géneros que me aquecem sempre o coração e este livro agarra-nos pela sua simplicidade, pela escrita doce e envolvente. Os fãs do género não quererão perder este livro e se ainda não o leram façam-no. Estimada Topseller mais Buxbaum por favor e obrigada!




Exemplar gentilmente enviado para opinião honesta

Sem comentários:

Enviar um comentário