Crónicas de uma Leitora: Literatura | 'Quando Portugal Ardeu' de Miguel Carvalho | Notícia

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Literatura | 'Quando Portugal Ardeu' de Miguel Carvalho | Notícia


No próximo dia 20 de maio, pelas 15.30, a sessão de apresentação em São Martinho do Campo (Santo Tirso) irá incluir uma homenagem a Rosinda Teixeira, assassinada à bomba pelos operacionais da rede bombista de extrema-direita a 21 de maio de 1976. No local do atentado ficará uma placa que perpetuará a memória desta vítima da violência política.
“QUANDO PORTUGAL ARDEU” - Histórias e segredos da violência política no pós-25 de Abril
A sessão apresentação do livro, onde, num dos capítulos, se resgata a história e os bastidores deste atentado, dos mais cruéis da rede bombista de extrema-direita, decorrerá ao ar livre, 41 anos depois, no local onde Rosinda Teixeira foi assassinada à bomba.
Haverá ainda uma cerimónia de homenagem à vítima, com a participação de familiares da falecida e da população.
O poder local (Câmara Municipal de Santo Tirso e Junta de Freguesia de Vila Nova do Campo) associou-se também à organização desta iniciativa e, além das intervenções públicas dos responsáveis autárquicos, perpetuará, numa placa, a memória destes trágicos acontecimentos, ocorridos já depois do “Verão Quente” e do 25 de novembro de 1975.
O livro será apresentado por Luís Humberto Marcos, diretor do Museu Nacional da Imprensa que, enquanto jornalista do Diário de Lisboa, investigou e acompanhou os eventos daquela época.

20 de maio, 15.30, em São Martinho do Campo (Santo Tirso)
 Local: Rua José Narciso Martins da Costa (junto à Supercope)

Sem comentários:

Enviar um comentário