Crónicas de uma Leitora: Literatura | Aquela Luz de Jay Asher | Opinião

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Literatura | Aquela Luz de Jay Asher | Opinião

Sierra quer compreendê-lo. Caleb anseia por se redimir.

Juntos, podem encontrar o verdadeiro amor se tiverem coragem para o aceitar.

Sierra vive no Oregon, onde os pais possuem uma plantação de pinheiros. Quando chega o inverno, a família muda-se para a Califórnia para vender as árvores durante a época natalícia. Sierra tem assim duas vidas: uma no Oregon e outra na Califórnia. Estar numa vida significa deixar a outra, mas isso pouco lhe importa até que um dia, perto do Natal, conhece Caleb, e uma vida eclipsa a outra. Caleb não é o rapaz perfeito. Uns anos antes cometeu um erro muito grave e ainda está a pagar por isso. Mas Sierra consegue ver para além do passado de Caleb e está determinada a ajudá-lo a encontrar o perdão e a redenção. 

Um clima de suspeitas, preconceito e desaprovação surge em torno deles, e Caleb e Sierra não conseguem deixar de se interrogar se o amor é realmente suficiente para ultrapassar todos os obstáculos... 

Aquela Luz é o novo romance do autor de Por Treze Razões.

Para mais informações sobre este livro clique AQUI

Li este livro um pouco cedo demais. Adoraria tê-lo lido mais dentro da quadra natalícia porque este é um livro que nos vai fazer sentir o espírito da época e aquecer o coração. 

Quem me conhece sabe que não sou muito dada ao Natal, para mim a quadra é especialmente para as crianças (e é somente a elas que dou prendas) e gosto que sintam essa magia. Durante toda a leitura sentimo-nos envolvidos pelo espírito natalício, quase conseguimos cheirar as árvores que a família de Sierra vendem e vibramos com o burburinho e a confusão da época.

O romance entre Caleb e Sierra inicia muito lentamente, a jovem sabe que existe algo no passado do rapaz mas não consegue saber com certeza o que é acabando por se deixar envolver.Conseguimos ver que aos poucos vão criando uma amizade até porque têm apenas um mês desde a Acção de Graças ,altura que Sierra chega à venda, até ao Natal quando volta a casa. Veremos as questões normais da adolescência principalmente em relação a namorados e relações de amizade, a questão da distância entre todos os envolvidos e a melhor forma como se lida com esse facto. Os pais de Sierra estão bastante presentes e é muito engraçado ver o pai a ameaçar com a limpeza das casas de banho os rapazes que se interessam pela filha.

Gostei bastante do facto de não recebermos todas as informações de uma vez, o autor conseguiu que ficássemos presos às páginas dando-nos informações de forma consistente mas sem sobrecarregar a história. 

Sendo um livro pequeno não é possível falar muito da história já que qualquer detalhe pode virar spoiler mas garanto que é um livro leve e muito adequado a esta altura do ano. Se procuram um livro para ler na quadra natalícia tenho a certeza que este é o livro certo. Adorável e acolhedor como uma caneca de chocolate quente.




Exemplar gentilmente cedido pela Editorial Presença

Sem comentários:

Enviar um comentário