Crónicas de uma Leitora: Literatura | Implacável de Sherrilyn Kenyon | Opinião

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Literatura | Implacável de Sherrilyn Kenyon | Opinião


Vive rapidamente, luta ferozmente e, se morreres, leva contigo o maior número de inimigos que conseguires. 

É de acordo com este lema das Amazonas que Samia vive e pelo qual morreria. Na Nova Orleães contemporânea, a imortal Amazona está prestes a conhecer um mal pior do que tudo o que já encontrou e que está a chegar para massacrar a Humanidade.O transmorfo Dev Peltier guardou o Santuário durante praticamente duzentos anos e nesse período viu de tudo. Ou assim pensou. Agora, os seus inimigos descobriram uma nova fonte de poder – uma que torna tudo o que enfrentaram até agora uma brincadeira.

A guerra começa, e Dev e Sam estão no centro dos acontecimentos. Mas, para vencerem, eles terão de quebrar a mais importante de todas as regras e esperar que isso não destrua o universo como o conhecem.

Esta é uma daquelas séries que devia sair duas vezes por ano, ou mais. Já leva um avanço de 10 livros em relação à publicação em Portugal e confesso que só lendo um por ano faz com que esqueçamos certos detalhes que vamos recordando lentamente.

Implacável vai inserir novas personagens na narrativa, os Cães de Guerra que são Predadores da Noite ferozes e lutadores implacáveis. Confesso que não tenho ideia de os ter visto em livros anteriores apesar de continuarmos dentro dos personagens do Santuário a acompanhar os Ursos.

Desta vez temos Samia uma Predadora da Noite com poderes inacreditáveis e Devereaux o Urso porteiro do Santuário. O romance entre ambos é muito idêntico ao que temos visto noutros casais, relacionamentos relâmpago com grandes peripécias pelo meio. Claro que são os detalhes e a forma como o enredo é construído que vai fazer a diferença entre os livros.

Tanto Sam como Dev são extremamente protectores da sua família e um do outro o que levará a que façam qualquer coisa para que tudo fique bem. Sam é uma Amazona, feroz, justa o que juntamente com o terror do seu passado irá prender-nos às páginas. Dev Peltier tem igualmente uma história complicada e aqui ficamos a saber mais sobre o seu passado e de outros elementos da sua família além de termos alguma informação sobre o seu irmão Remi fazendo o nosso interesse sobre este aumentar e deixando-nos na expectativa de um livro futuro.

Como seria de esperar Stryker está de volta com grandes malvadezas mas depois de termos lido Noite Silenciosa não conseguimos odiá-lo como antes. Mas veremos outro inimigo aparecer e ainda percebemos uma ação maliciosa de uma das Parcas.

Sherrilyn Kenyon é uma das minhas autoras de eleição e faz querer mais, muito mais dark-hunters, é uma das melhores sagas de romance paranormal de sempre e nenhuma autora consegue prender-nos tanto como Kenyon, mais consegue sempre ir introduzindo novos personagens de forma a que haja sempre interesse. Que mais posso dizer? Adoro!



Exemplar cedido pela editora para opinião honesta

2 comentários:

  1. Olá!
    Como adoro esta saga... É das minhas favoritas!
    Evitei imenso ler a tua opinião, porque ainda não consegui comprar o livro e não queria spoilers, mas não consegui resistir.
    Bem, vou ter mesmo de pedir o livro como prenda antecipada de Natal :P Acho que não aguento até lá!
    Qual é o teu livro favorito da saga? Apesar de ter um fraquinho pela história do Zarek e do Valério, não consigo escolher um ;)
    Beijinho*

    BeYowesome | Facebook

    ResponderEliminar
  2. olá,

    acho que o meu favorito é o Zarek mas é difícil escolher, de qualquer forma até agora os primeiros livros da série são para mim muito melhores que os mais recentes.
    Beijinho
    Vera

    ResponderEliminar