Crónicas de uma Leitora: Literatura | 'O Príncipe da Suécia' de Karina Halle | Opinião

sábado, 16 de março de 2019

Literatura | 'O Príncipe da Suécia' de Karina Halle | Opinião

IG: @cronicas_de_uma_leitora
"Nunca acreditei em contos de fadas, nem em Príncipes Encantados. Sonhava ser uma jornalista de sucesso. Mas bastou um telefonema para que tudo desabasse. Com a morte inesperada dos meus pais, passei de estudante despreocupada a guardiã dos meus cinco - sim, cinco! - irmãos. Quando o acaso me levou ao encontro de Viktor, sentia-me demasiado sobrecarregada para acreditar no amor… ainda que o enigmático Viktor fosse de uma beleza quase obscena." 

 Viktor é… Sua Alteza Real, Príncipe da Suécia…

"Também eu sofri uma grande perda. Após a morte do meu irmão, só queria fugir. Assustava-me pensar que em breve deixaria de ser livre e que a minha vida passaria a ser controlada a cada minuto. Sabia-me bem estar perdido no meio de uma vila da Califórnia, ser apenas mais uma pessoa anónima… e depois o meu caminho cruzou-se com o de Maggie. A doce, amável e linda Maggie…"

Nenhum dos dois contava apaixonar-se. Nenhum dos dois imaginava que a sua vida ficaria virada do avesso. 

Mas a relação tem os dias contados. 
E a verdade é que os finais felizes só acontecem nos contos de fadas… não é?

 Sigo a autora Karina Halle no instagram há algum tempo e fiquei muito contente quando percebi que iria ser publicado um livro dela em Portugal. A autora escreve romances eróticos cujas reviews têm uma classificação boa e o feedback dos livros tem sido muito bom então decidi apostar nesta leitura.

Estamos perante o conto de fadas da grande maioria das meninas, cresce-se com os filmes da Disney e a querer o nosso próprio príncipe encantado, claro que depois crescemos e percebemos que nada disso importa. 

Achei que no fundo as personagens não têm a profundidade suficiente para um romance tão forte e falta alguma consistência na história. O príncipe que não queria ser rei e é forçado a tal pela morte do irmão e a rapariga pobre de uma cidade do interior do Nevada, apenas alguns quilómetros de Las Vegas, órfã a cuidar dos irmãos menores, é um pouco cliché.

Não deixa de ser uma leitura agradável, com cenas bastante picantes e outras muito divertidas que nos leva a soltar algumas gargalhadas. Temos a ação dividida entre os Estados Unidos e a Suécia e aqui confesso que as descrições da autora nos levam a querer conhecer o país (não é de hoje que sinto algum fascínio pelos países nórdicos) e isso irá ter impacto na narrativa e no desenvolvimento da história.

Um livro que se lê em poucas horas, uma história simples com uma escrita cativante que deixa qualquer romântica agarrada.




ebook gentilmente sucedido pela editora para opinião

Sem comentários:

Enviar um comentário